Como uma das grandes novidades do ano, o grupo G8 apresentou aos seus maiores fornecedores, na celebração anual de 2018, o projeto 1000 Vendedores. A iniciativa consiste em um game interativo que será utilizado pelos representantes comerciais das empresas do grupo para realizar um trabalho de integração e educação destes junto às distribuidoras e à rede G8 como um todo.

A ferramenta estará disponível para computadores e smartphones (nos sistemas Android e IOs), funcionando de forma semelhante a um jogo em que o usuário terá que testar seus conhecimentos em diversos aspectos necessários para vendas e consultoria bem-sucedidas para o varejo de material de construção.  

 O projeto surgiu depois de se verificar a necessidade de capacitação e integração de representantes comerciais, de forma que os melhores talentos fossem mantidos e se sentissem parte não só de suas empresas, mas também de algo ainda maior: o G8 – rede que engloba dez distribuidores de material de construção.  

Empreendendo projetos com o varejo de material de construção desde 2012, o G8 percebeu, a partir de pesquisas, iniciativas junto a fornecedores e entidades do setor, que o lojista de material de construção precisava de um representante que atuasse além da esfera comercial, para assessorar o varejista em diversos aspectos pós e pré-venda.  

Foi visto como fator  fundamental que o representante possuísse algo a mais a oferecer para o lojista além do conhecimento dos materiais, seu uso, especificidades e preço. Portanto, o aplicativo surgiu como a ferramenta para facilitar o treinamento do profissional de vendas necessário ao mercado: o representante como consultor, que auxilie o varejo em relação à gestão de categorias, disposição de produtos, precificação, entre outras facetas da loja que aumentem a qualidade do serviço prestado para gerar valor nas relações comerciais.

Distribuidoras do grupo já utilizam a tecnologia para realizar o trabalho de consultoria e assistência ao varejo de forma diferenciada . Porém, pela proximidade do relacionamento constante entre lojista e representante, o grupo espera transmitir de forma mais efetiva o que há de mais inovador no setor para o ponto de conexão entre a distribuidora e o varejo independente.  

O diretor da Ótima Atacado, Francisco Passos, afirmou que a ferramenta pode ajudar muito na política de capacitação de sua equipe, já que, em razão do deslocamento dos representantes comerciais e da extensa gama de produtos trabalhados pela Ótima, o treinamento presencial se torna oneroso e difícil.

Pelo treinamento à distância, o aplicativo incentiva o melhor desempenho dos representantes comerciais das empresas.   Os usuários estarão conectados com colegas de trabalho de vários estados do Brasil, que trabalham em distribuidoras do G8.

Pelo treinamento à distância, o aplicativo incentiva o melhor desempenho dos representantes comerciais das empresas. Os usuários estarão conectados com colegas de trabalho de vários estados do Brasil, que trabalham em distribuidoras do G8.

“Conhecer os produtos e empresas para as quais distribuímos é fundamental para o sucesso de nossas vendas e a implementação das nossas estratégias”. – Francisco Passos, diretor da Ótima Atacado.

Francisco avaliou que os representantes das indústrias que trabalharem com o projeto terão papel importante não só pelo fornecimento das informações de seus produtos, mas também pela interação com estes, que será facilitada com o aplicativo. O diretor da Ótima também opinou sobre a importância do projeto para a reinvenção da função do representante comercial em meio à revolução do comércio de varejo causada pela tecnologia.

Ele finalizou: “esta é uma questão que tem sido muito abordada ao longo dos últimos anos e percebemos que o papel do representante comercial será sempre de grande relevância para a construção da relação entre as empresas e seus clientes. A tecnologia vem avançando numa grande velocidade e as transações comerciais estão caminhando para uma forma em que o cliente possa ter facilidade, informação e rapidez na sua decisão de compra e na realização da mesma.  O representante comercial terá de fato que se reinventar, mas para isto terá que se preparar para este novo formato de trabalho.  Penso que a ferramenta ajudará, e muito, a construirmos este processo de mudança. Não será breve, mas temos que começar agora”.

 

 

Comment