Por relações comerciais mais saudáveis no mercado de material de construção, o G8 sempre busca por negociações de benefício mútuo com fornecedores e lojistas. Com esse propósito, algumas empresas do grupo (como King Ouro, Maia e Portela) participam do projeto Conecty desde 2015, uma plataforma de desenvolvimento do relacionamento de indústrias e distribuidores para novos modelos de atendimento ao varejo independente, para que o seu atendimento ao mercado melhore ainda mais.

O Conecty é um projeto da Agenttia, consultoria especializada no mercado de material de construção, que gera sinergia entre distribuidor e indústria alinhando a estratégia entre ambos. Através da facilitação de reuniões entre as partes, metas, informações e treinamentos são compartilhados para que a ação no PDV seja focada no sell out do varejista.

Todo o processo é ativado pela consultora em um trabalho que envolve (após a definição de uma visão de futuro comum) representantes comerciais, equipes de marketing e os próprios varejistas para que o processo seja coeso e colaborativo trazendo ganhos consistentes a todos envolvidos.

 Em agosto a Construjá renovou laços com o projeto da Agenttia por mais 10 meses. A empresa já trabalha com a metodologia Conecty desde 2017. Segundo Carlos Braga, diretor da Construjá, a parceria o fez evoluir como empreendedor porque o processo o ajuda a entender melhor as necessidades dos clientes.

Para Braga, a primeira fase do trabalho foi para “levar para os clientes um trabalho diferenciado no PDV com atenção na organização das lojas, o que acredito ter sido cumprido”, enquanto a expectativa para a segunda fase da iniciativa conjunta dos próximos dez meses é trabalhar a inteligência do negócio do varejista.

Crédito imagem: Youtube/ Canal oficial  Agenttia

Crédito imagem: Youtube/ Canal oficial Agenttia

“Ser uma plataforma de desenvolvimento do varejo independente”- Daniel Pascalicchio, sobre a inspiração do Conecty.

Segundo Daniel, um dos consultores da Agenttia que trabalha junto a Construjá no projeto Conecty, são várias as frentes trabalhadas pelo projeto em conjunto com o varejista para a potencialização da loja de material de construção.

Após o alinhamento de estratégia entre distribuidor e fornecedor, o Conecty busca a replicação do modelo de negócios junto ao varejista auxiliando-o na gestão de categorias, layout da loja, mix de produtos, treinamentos e ações promocionais. Daniel contou que este trabalho conjunto consequentemente fideliza o cliente à distribuidora.

Dados em relação ao trabalho com a Construjá demonstram que acima da fidelização, o crescimento do faturamento e movimentações comerciais cresce, tanto para fornecedores quanto para varejistas. Comparando o período de março a julho de 2017 a o de 2018, a venda de indústrias para as 11 lojas participantes foi triplicada.

As lojas tiveram um aumento expressivo de itens das indústrias trabalhados em seu mix. Comparando o mesmo período, alguns fornecedores tiveram seu número de itens trabalhado em cada loja multiplicado por mais do que o dobro do que a quantia anterior.

As estatísticas refletem um trabalho completo e personalizado, que estabelece cronogramas, cruza demandas e estratégias além de mapear e criar comunicação com as equipes tanto de distribuidores, como as da indústria. Consequentemente, a metodologia da atuação do sistema de distribuição é padronizada e a sinergia de atividades com a indústria, fortalecida.

O Conecty surgiu a partir da necessidade do grupo G8 de atender ainda melhor o mercado de material de construção brasileiro. O aprendizado e colaboração, princípios que formam o maior sistema de distribuição do mercado no Brasil, são os mesmos do projeto utilizados para auxiliar parte fundamental da área de construção, o pequeno e médio varejo .

 

 

Comment