A responsabilidade social é um dos oito valores que norteiam a prática do G8 na distribuição do setor de material de construção. Membros da iniciativa vendem juntos para mais de 40.000 varejistas, trabalhando com 300 fornecedores. Seus produtos são consumidos por cerca de 500.000 profissionais do setor de construção civil.

 Portanto, é imensurável o impacto social das dez distribuidoras regionais que formam o G8. Além das ações dos distribuidores com o varejo independente de material de construção, um dos membros do grupo decidiu começar a fazer a diferença de outras formas.  

O Sábado Solidário da Mercante

No total, 65 famílias foram atendidas pela campanha da Mercante.

No total, 65 famílias foram atendidas pela campanha da Mercante.

Dayane Azevedo é diretora administrativa da Mercante Distribuidora, uma das maiores empresas do ramo no estado da Bahia. No deslocamento para a filial de sua empresa, em Vitória da Conquista, Dayane percebeu como centenas de pessoas viviam literalmente à beira da BR 116 na cidade Manoel Vitorino, em situação de miséria.

Depois de doar cestas básicas para a comunidade, a diretora teve a ideia de realizar uma campanha que envolvesse a empresa em que trabalha. O Sábado Azul, oferta da Mercante que oferece preços especiais no fim de semana foi transformada no “Sábado Solidário”. Desta forma, parte da renda gerada no evento foi transferida para o projeto que ocorreu no dia 22 de dezembro.

Além de cestas básicas, em mais uma campanha interna no final do ano os desejos de 147 crianças carentes para o Natal foi realizado. Segundo Dayane, alguns desejos a emocionaram: “Era carta pedindo colchão, emprego para o pai, para a mãe”.

Dayane relatou que ficou surpresa com o apoio que teve dentro de sua empresa e também dos fornecedores. Ela contou que muitos colaboradores da empresa fizeram hora extra para possibilitar a logística da operação, e que alguns fornecedores ajudaram o projeto sem nenhum tipo de solicitação por parte da distribuidora. Segundo ela, em breve novas ações sociais serão criadas.

Comment